Wildcard SSL Certificates

Notícias do Papel

Consumo de energia cresce 1,2% em maio, segundo prévia da CCEE.

Boletim InfoMercado Quinzenal, da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

Já no mercado regulado, que consumiu pouco mais de 40 mil megawatts médios, houve uma redução de 1,3% frente a maio de 2021. O ambiente, no qual as pequenas e médias empresas e as residências compram energia por meio das distribuidoras, foi muito afetado pela queda das temperaturas em boa parte do Brasil a partir da segunda quinzena do mês, incomum para este período do ano.

Outro fator que pode impactar os resultados é a geração distribuída, uma vez que os painéis solares instalados em residências e empresas reduzem a demanda do Sistema Interligado Nacional – SIN. Sem esse tipo de tecnologia, o mercado regulado teria registrado uma alta de 0,5%.

Consumo por ramos de atividade econômica

Em relação ao mesmo período do ano passado, Rondônia registrou a maior taxa de crescimento, de 14%, com destaque para a alta do consumo no mercado regulado e nos segmentos de Extração de Minerais Metálicos e Serviços. Os maiores recuos foram observados no Mato Grosso do Sul (-6%), Pará (-4%) e Piauí (-3%), regiões influenciadas pela baixa temperatura e pelas chuvas do último mês.

Geração de energia

A geração de energia nas usinas hidrelétricas avançou 11,1% na comparação com 2021, resultado do cenário hidrológico mais favorável. Consequentemente, o despacho de termelétricas foi menor e esse tipo de fonte recuou 37,2%. Destaque para a geração solar fotovoltaica, que segue em ritmo de crescimento, com avanço de 52,6% em maio. Já as eólicas avançaram 10,5%.

CONTATO

SP | RJ | ES

SAIBA MAIS

PARCERIA

IBEMA

SAIBA MAIS

CLASSIFICADOS

WG

SAIBA MAIS

CONTATOS

MAPA DO SITE